Servidores públicos de 15 carreiras do Estado fizeram uma manifestação na porta do prédio Gerais da Cidade Administrativa, na manhã desta quinta-feira (12), para cobrar o reajuste do auxílio-refeição. De acordo com Sindicato dos Trabalhadores Públicos do Estado de Minas Gerais (Sindpúblicos-MG), cerca de 500 pessoas participaram do protesto.

Houve apitaço e buzinaço no local. Segundo o sindicato, o auxílio-refeição é de R$ 20 e havia uma promessa de que haveria um reajuste a partir do dia 29 de junho, passando para R$ 27, mas ainda não houve a mudança no valor.

O sindicato explica ainda que o auxílio-refeição é concedido aos servidores com carga horária superior a 30 horas semanais, independente do município onde estejam, por dia efetivamente trabalhado. O Sindpúblicos-MG realiza uma assembleia na próxima terça-feira (17), às 14h, para decidir se haverá nova paralisação.

A assessoria de imprensa da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão afirmou que o Governo não vai se manifestar sobre o protesto ou sobre a demanda dos servidores.