Está programada para o dia 24 de maio a 12ª edição do Dia da Liberdade de Impostos. Este ano, shoppings de Belo Horizonte e de Contagem, na Grande BH, também vão aderir ao protesto contra as altas taxas aplicadas no país. É a primeira vez que os shoppings participam, desde que a ação foi criada pela Câmara de Dirigentes Lojistas de BH, há 12 anos. 

Segundo a CDL-BH, mais de 500 lojas dos shoppings Del Rey, Estação BH e Contagem prometeram comercializar produtos e serviços com descontos referentes ao valor dos impostos incidentes. Lojas de centros comerciais de rua, como nos anos anteriores, também vão participar da ação.

Ainda conforme a CDL, já são mais de mil itens cadastrados, entre roupas, sapatos, acessórios, brinquedos, alimentos, bebidas, artigos de papelaria, óculos, medicamentos genéricos, eletrodomésticos, maquiagem, perfumaria, semijoias e outros. A expectativa é que a lista aumente e ela já pode ser acessada pela internet

Impostos

A carga tributária brasileira está entre as mais elevadas do mundo. Ela corresponde, em média, a 41,8% do rendimento bruto de cada cidadão, segundo levantamento da CDL-BH. “O atual sistema de cobrança de impostos do Brasil é totalmente incompatível com a política adotada pelos países que buscam o fomento do setor produtivo, a melhoria do bem-estar da população e a redução das desigualdades sociais”, afirmou Bruno Falci, presidente da CDL-BH.

Lojistas

Os empresários que tiverem interesse em participar da ação basta acessar o hotsite da CDL até o dia 17 de maio, informando quais os produtos escolheram para serem comercializados sem impostos, no dia 24 de maio.