O Expominas recebe, de sexta (18) a domingo (20), a 14ª edição do Feirão da Caixa, uma oportunidade para quem está em busca da casa própria. Os potenciais compradores poderão contar com mais de 14 mil imóveis novos e 600 usados.

Dessa vez, o público poderá contar com juros menores: as taxas mínimas passaram de 10,25% ao ano para 9% ao ano, no caso de imóveis do Sistema Financeiro de Habitação (SFH), e de 11,25% ao ano para 10% ao ano para imóveis enquadrados no Sistema de Financiamento Imobiliário (SFI). As taxas máximas caíram de 11% para 10,25%, no caso do SFH, e de 12,25% para 11,25%, no SFI.

Além disso, o banco diminuiu as condições de financiamento de imóveis para pessoa física. O limite da cota de financiamento do imóvel usado voltou para 70%. Em setembro do ano passado, a Caixa tinha reduzido para 50% do valor do imóvel o limite máximo de financiamento.

Para requerer aprovação de crédito habitacional pela Caixa, o interessado precisa apresentar documento de identidade, CPF e comprovante de renda e residência atualizados. A simulação é feita na hora e se o comprador estiver interessado, o negócio pode ser fechado lá no Expominas.

Minha Casa Minha Vida

Além das linhas de crédito do SFH e do SFI, a Caixa vai oferecer todas as outras modalidades de financiamento, inclusive do programa Minha Casa Minha Vida nas faixas 1,5 (para quem tem renda bruta até R$ 2.600 mensais), 2 e 3 (para quem tem renda bruta máxima de R$ 7.000 mensais). Neste caso, as taxas de juros variam de 4,59% a 8,47% ao ano, com prazo de financiamento mínimo de 120 e máximo de 360 meses. Também estarão disponíveis as modalidades pró-cotista e carta de crédito do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).

Banco que responde por 70% das operações referentes a crédito imobiliário no Brasil, a Caixa tem R$ 82,1 bilhões para financiar a compra de imóveis em 2018 em todo o país.

Serviço: O Feirão da Caixa acontece nos Pavilhões I e II do Expominas (av. Amazonas, 6200, Gameleira), na sexta (18) e no sábado (19), das 10h às 20h, e no domingo (20), das 10h às 18h.

* Com Agência Brasil