Suspeito de ser um dos criadores do jogo Baleia Azul, o russo Philipp Budeikin, de 21 anos, estaria preso na prisão de São Petesburgo, afirmam os portais britânicos Daily Mail e Metro. De acordo com esses jornais, o rapaz está sendo acusado de incitar o suicídio de pelo menos 16 estudantes.

Segundo a impresa britânica, o jovem teria confessado os crimes e dito que suas vítimas são apenas "desperdício biológico" e estavam "felizes de morrer". Disse ainda que estaria "limpando a sociedade".

Outra notícia é de que Budeikin estaria recebendo cartas de amor de adolescentes russas e a polícia local não pode impedir a troca de correspondência entre preso e admiradores.

"Eles estavam morrendo felizes. Eu estava dando a eles o que eles não tinham na vida real: calor, compreensão, conexões”, teria dito o suposto criador do jogo. “Há pessoas e há desperdício biológico. Aqueles que não representam qualquer valor para a sociedade. Quem causa ou causará somente dano à sociedade. Eu estava limpando a nossa sociedade de tais pessoas”, seria outra frase do rapaz.

Não há confirmação de que Budeikin tenha realmente sido o criador do macabro jogo. Desde que seu nome começou a circular na internet, vários boatos têm sido replicados nas redes sociais. Na semana passada, uma notícia falsa de que ele estaria sendo espancado em uma prisão russa circulou pela internet.