Um funcionário de uma empresa terceirizada da Usiminas morreu atropelado, quando voltava para casa, após a explosão na siderúrgica, na tarde desta sexta-feira (10), em Ipatinga, na região do Vale do Aço. 

Segundo o Boletim de Ocorrência, o homem de 35 anos estava em uma bicicleta, em um bairro próximo à indústria, quando foi atingido por um Vectra. O motorista fugiu sem prestar socorro, mas foi localizado com sinais de embriaguez e foi preso, ainda conforme a Polícia Militar.

Ele se recusou a fazer o teste do bafômetro e foi levado para a delegacia da cidade. Já o funcionário da empresa terceirizada chegou a ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado para o Hospital Márcio Cunha, onde estavam os mais de 30 feridos na explosão. Mas ele não resistiu.

Por meio de nota, a Usiminas informou que lamenta o ocorrido. Os feridos já tiveram alta.

Leia mais:
Feridos em explosão de gasômetro da Usiminas tiveram alta hospitalar
Explosão na Usiminas pode afetar caixa da empresa
Explosão de gasômetro em Ipatinga provocou tremor de 1,86 na Escala Richter