Pelo menos 28 pessoas ficaram feridas, 25 delas baleadas, na madrugada deste sábado (1º), durante um tiroteio em uma boate no estado americano do Arkansas.

O incidente ocorreu no clube noturno Power Ultra Lounge por volta de 2h30 (4h30, no horário de Brasília). No Twitter, a Polícia informou que "todos devem sobreviver".

"Nós não acreditamos que esse incidente tenha a ver com um atirador profissional, ou com um episódio relacionado ao terrorismo", destacou a polícia. "Parece ter sido uma briga durante o show", completou.

As autoridades não divulgaram nomes, ou informações, sobre suspeitos.

"A cena do crime de Little Rock parece estar-se intensificando", declarou o governado do Arkansas, Asa Hutchinson, em nota oficial, ao repudiar "essa tragédia insensível e violenta".

Ele prometeu usar os recursos do Estado para ajudar no "apoio aos esforços locais desenvolvidos no sentido da aplicação da lei".

No Facebook, o prefeito da cidade, Mark Stodola, agradeceu aos que ajudaram nos primeiros-socorros e nos hospitais.

"Meu coração está partido nessa manhã - minhas orações vão para as vítimas dessa tragédia", declarou ele.