E lá se vão 15 anos desde que a Toyota encerrou a produção do Supra, seu modelo esportivo mais famoso e ícone da cultura popular. De lá para cá, a marca vem estudando o retorno do modelo, mas nunca chegou a um resultado satisfatório e busca oferecer esportividade com o compacto GT 86 (ou apenas 86 em alguns mercados), que apesar de ser extremamente divertido, não tem o mesmo brio do Supra.

No entanto, o fim da espera parece estar próximo. A Toyota Gazoo Racing, divisão de competição da marca, levou para o Salão de Genebra o GR Supra Racing Concept. Trata-se de um estudo de como seria a versão de competição do novo esportivo, mas que dá indícios de como o carro finalizado será.

Como se trata de uma versão de Turismo, o GR Supra Racing adota carroceria de produção modificada para competição, nos moldes da Super GT japonesa. A Toyota não dá informações técnicas sobre o carro. Não revela qual motor foi ou pretende utilizar, mas rumores apontam que voltará a ter um motor seis cilindros em linha. Apenas se limita a informar o emprego de materiais leves na carroceria, assim como o uso de rodas de competição fornecidas pela alemã BBS. 

A carroceria do Supra de competição tem linhas muito fieis ao conceito FT-1, revelado em 2014. Com capô longo, conjunto ótico afilado e traseira curta, o bólido indica que o desenho é uma evolução da última geração do Supra.

Flagras
O Supra tem sido fotografado camuflado com certa frequência nos últimos meses na Europa. A razão é que e cupê japonês compartilhará estrutura com a nova geração do BMW Z4. As duas marcas anunciaram uma parceria para o desenvolvimento de baterias de íon de lítio e também de uma plataforma com tração traseira. É possível que ele apareça no Salão de Paris, em outubro.