Após 72 anos e sob a bandeira da rede mineira Tauá há sete, o Grande Hotel & Termas Araxá passará por uma revitalização e ampliação neste primeiro semestre, ganhando um novo astral e proporcionando novos espaços para as crianças. “Hoje, o Grande Hotel é o negócio mais difícil e delicado que o nosso grupo administra, mas vamos investir R$ 2 milhões para trazer um novo glamour ao local”, informou Lizete Ribeiro, diretora comercial e de marketing do Grupo Tauá.

“Acho importante ressaltar que ali temos seis categorias de quartos e queremos mudar a cara deste hotel inspirados no Copacabana Palace, do Rio”, acrescentou Lizete, adiantando que o novo astral poderá ser notado nas roupas de cama, nas cortinas, na música clássica ambiente, no paisagismo e até no cheiro. Tudo isso sem prejudicar a atual estrutura, que é tombada pelo patrimônio histórico. Considerando esse aspecto, uma das ideias é implantar no ocioso subsolo do hotel a Jota City, a cidade do futuro que já faz sucesso em outras unidades do grupo, como em Caeté.

As novas concepções consideram ainda a possibilidade de o jogo voltar a ser liberado no país, conforme projeto de lei em tramitação no Congresso Nacional. “Estamos, sim, na expectativa de reabertura dos cassinos. Temos conversado com empresários com interesse no jogo e é só liberar que já estaremos prontos para absorver mais esse negócio”, observou Lizete. Afinal, o contrato de arrendamento do Grande Hotel foi assinado por um período de 15 anos, podendo ser prorrogado por mais oito, e hoje já atrai turistas de todo o país.

Cassino
Vale lembrar que o Grande Hotel foi projetado para operar como cassino na década de 1940, quando foi inaugurado o maior castelo do Brasil, inspirado nas grandes construções europeias. Getúlio Vargas, então presidente, queria impressionar a comunidade internacional e contou com a ajuda de grandes nomes para materializar seu projeto.

Com vida nova, a expectativa é de que o impacto das mudanças alcance toda a cadeia turística da cidade, como lojas, restaurantes e pontos turísticos de Araxá.

“Mas queremos impactar sobretudo os hóspedes, acionando todos os sentidos assim que entrarem na recepção”, afirmou Alexandre Cardoso, o novo gerente-geral do Grande Hotel. “Vamos repaginar o lobby, adotaremos uma assinatura olfativa elegante e inesquecível, de verbena, com notas cítricas e amadeiradas, e inserimos a música clássica na recepção aos hóspedes”, revelou. “Sobre a infraestrutura, teremos um novo Kids Clube e iremos colocar 100% dos espaços e salas das Termas em operação, abrindo a segunda sauna, duas salas de banho e uma área de massagem que estavam fechadas”, acrescentou.


A piscina emanatória e as áreas de banho ganharão pintura nova, sempre acompanhando a cor do projeto original. Para o lobby das Termas, onde se encontra a grande Mandala, nova mobília está sendo adquirida. Os quartos serão repaginados, com novas cortinas, almofadas, peseiras nas camas, itens de decoração e enxovais de cama e banho, o que proporcionará um ambiente mais leve, bonito e aconchegante, conforme Cardoso.

“Para assinar toda essa transformação e consolidar nosso posicionamento, estamos desenvolvendo, ainda, um brasão para o Tauá Grande Hotel & Termas Araxá”, revelou o executivo.

Páscoa
Hoje, uma das atrações que movimentam Araxá e o Grande Hotel é a Páscoa Iluminada, o maior evento temático de páscoa do país. De 16 de março a 23 de abril, araxaenses e turistas de todas as idades vão curtir espetáculos que pretendem transmitir mensagens “de paz, alegria e renovação”, por meio de uma das maiores projeções mapeadas do país (2.500m2). Os principais espetáculos que compõem o evento são realizados no lago, no teatro e na impactante fachada do Grande Hotel.

Neste ano, a Páscoa Iluminada Araxá terá investimentos diretos de R$ 1,5 milhão, informou Pedro Vieira, gerente de marketing da rede, lembrando que em 2016 o evento conseguiu envolver 50 mil pessoas.