Um dos pratos mais famosos de Minas, o tropeiro é repleto de histórias. Tanto que há, inclusive, museus que tratam do tropeiro e do tropeirismo e tudo que isso representa para a história do desenvolvimento do estado. O roteiro Entre Personalidades e Ruralidades reúne os dois municípios do Circuito do Ouro que estão a cerca de 140 km de Belo Horizonte, Itabira e Nova Era. Estes municípios foram importantes durante o tropeirismo e possuem histórias marcadas por personalidades que viveram na região e deixaram registros grandiosos no território. Vale a pena a visita a duas atrações neste roteiro: o Museu do Tropeiro e a Fazenda Vargem Grande.

Abrigado em uma casa construída no século XVIII em Ipoema, que pertenceu ao tropeiro conhecido como ‘sô’ Neco, o Museu do Tropeiro contém hoje mais de 700 peças que fazem alusão à cultura tropeira, além de documentos desses comerciantes, como título de eleitor, certidão de casamento e livros de compra e venda, que viajavam pelas estradas do interior brasileiro. Dessas, cerca de 500 pertenceram ao colecionador José Dutra, fazendeiro de Rio Vermelho. O local também se transformou num espaço de convivência com múltiplas funções, sendo palco para apresentações artísticas e culturais, local de degustação da deliciosa culinária regional e, principalmente, para a velha e boa prosa.

Outro ponto interessante do Museu do Tropeiro é que ele busca a interação entre a comunidade e o visitante, por meio de manifestações culturais – sons da tropa, grupo folclórico das lavadeiras, estaladores de chicote, meninos trovadores e comitiva do berrante –, que são apresentadas mensalmente durante a Roda de Viola que acontece nos sábados de lua cheia. Algumas dessas manifestações podem ser vistas também durante os ensaios no Museu do Tropeiro que acontece às quartas-feiras, das 15h às 16h30.

Além da exposição fixa sobre o tropeirismo, o Museu recebe exposições temporárias de artistas que querem mostrar seu trabalho e oferece uma sala de multimeios onde são realizadas reuniões e são apresentados filmes e documentários educativos, voltados aos valores culturais e locais. O Museu do Tropeiro é cultura e história oferecida aos que visitam essa região de Minas dentro da Estrada Real.

Fazenda

Outro local que vale uma visita é a Fazenda da Vargem, construída por Joaquim Martins da Costa em 1840 e é referência na região de Nova Era, quando esta cidade ainda se chamava São José da Lagoa e pertencia a Itabira. O local foi frequentado, inclusive, pelo famoso Manuelzão, personagem de Guimarães Rosa que faleceu em 1997. A fazenda, que foi restaurada, foi importante marco econômico do Vale do Rio Doce.

Museu do Tropeiro
Travessa Professor Manoel Soares, 217 – Ipoema/Itabira
Tel.: (31) 3833-9254
Horário de funcionamento: de 3ª a domingo das 9h às 12 horas e das 13h às 17 horas- Entrada franca
As visitas em grupo podem ser agendadas por telefone.

Fazenda da Vargem
Tel: (31) 3861-4228
Localizada a seis quilômetros do Centro de Nova Era. Aberta todos os dias das 7h às 11h e das 13h às 17h – Entrada franca.