Nada melhor do que programar a viagem tão esperada para o exterior. Porém, você se dá conta de que o final do ano está chegando e pensa: será que ainda dá tempo de tirar passaporte, visto, comprar passagens e organizar tudo? Se você está nessa situação, temos uma boa notícia. Ainda dá tempo!

“O primeiro passo é escolher o destino, checar e providenciar os documentos exigidos”, afirma Fábio Stockler, diretor regional da Globalvisa Assessoria Internacional. “Cada país tem exigências e prazos de processamento do visto. Normalmente os atrasos ou negativas na emissão, decorrem de preenchimento incorreto dos formulários, ausência de documento necessário, dentre outros. Considerando que toda a documentação exigida pelo país de destino esteja correta, a pessoa pode ter o visto aprovado em prazos curtos de até três dias como o caso da Austrália, ou prazos maiores entre 15 a 30 dias, como os casos de Estados Unidos e Canadá”, explica. 

Stokler ressalta que há muitos mitos quando se trata de viagem ao exterior. Um deles é acreditar que não terá o visto negado, porque já realizou diversas viagens; que não precisa comprovar renda em determinadas situações ou porque o país de destino quer atrair diversos tipos de estrangeiros. 
“Para evitar isso, e garantir que o processo de visto seja avaliado sempre da melhor forma, a Globalvisa, por exemplo, faz uma auditoria da documentação para garantir que nada esteja faltando e, no momento de protocolar no Consulado, hierarquiza a documentação exatamente na ordem que o órgão gosta de receber. Isso torna mais fácil o processo de avaliação e até faz com que o oficial consular valorize a preparação prévia da pessoa com a solicitação”, explica o especialista. 

Além disso, nossos clientes possuem um cronograma para garantir que tenhamos a maior chance possível de cumprir todo o planejamento da viagem”, afirma Fábio Stockler. 

 

Dicas para evitar transtornos e 
realizar uma viagem com sucesso

- Após a escolha do país, cheque os documentos exigidos: documento de identificação, passaporte, visto, cartão de vacina, seguro viagem, autorização do responsável (para menores de 18 anos).

- Caso a pessoa não tenha 18 anos, é necessária a autorização dos responsáveis para o embarque. Se apenas o pai ou a mãe viajar com o menor, é necessária a autorização do responsável que não for embarcar.

- Validade do visto e passaporte: Alguns lugares exigem que o passaporte tenha o mínimo de seis meses de validade. Outros pedem apenas que o documento esteja válido para o período da viagem.

- Se o país de destino não exigir visto, mas a conexão for em um país que tenha obrigatoriedade de visto, é necessário verificar o procedimento adotado nestes casos. Existem situações em que será necessário a obtenção de visto para realizar determinada conexão. 

- Pesquise sobre o destino e faça um roteiro.

- Bagagem: os passageiros que embarcam a partir do Brasil, em voos internacionais, têm direito a dois volumes – com 32 kg cada um – e mais uma bagagem de mão com volume de 115 cm (considerando altura + comprimento + largura, mas a regra muda entre as companhias aéreas).