A Volkswagen lançou o Virtus no fim de janeiro, mas resolveu apresentar a linha 2019 agora. Daí, quem comprou o carro nas primeiras semanas já tem um modelo defasado. Mas, se servir de consolo, a nova linha, além de não trazer nada de novo, ficou mais cara. Das três versões mais disponíveis, apenas a topo de linha, Highline 200 TSI 1.0, teve o preço mantido em R$ 79.990.

As demais, 1.6 MSI e Comfortline 200 TSI 1.0, foram reajustadas em R$ 1.400 e R$ 1.210, na ordem. Assim, a versão básica do sedã passa a custar R$ 61.390 e a intermediária parte dos R$ 74.680, sem nenhum acréscimo na lista de itens de série.

Polo
O Virtus ficou mais caro, mas o Polo 2019 também passou pela remarcadora. O hatch sensação ficou R$ 500 mais caro na versão de entrada 1.0 (aspirado), que passa a ser oferecida por 50.490. Já a MSI 1.6 saltou de R$ 56.090 para R$ 56.990. Em um degrau acima, a versão Comfortline 200 TSI 1.0, que era oferecida por R$ 67.150, passa a custar R$ 67.990, e a topo de linha Highline 200 TSI 1.0 foi reajustada para R$ 72.990, ante R$ 71.760.

Assim como na linha do Virtus, o Polo também não sofreu mudanças nas listas de itens de série de cada versão, mas há reajustes nos pacotes de opcionais que encarecem ainda mais a conta.