#POSTHDConteúdo Patrocinado

Belo Horizonte está se tornando referência na produção de cerveja, mas outra invenção pode colocar a capital mineira também no mapa nacional das bebidas destiladas. O Xeque Mate, mistura de xarope de guaraná, mate, limão e rum, tem caído no gosto dos frequentadores de bares e eventos.

No último ano, os sócios Gabriel Rochael, Alex Freire e Pedro Carias saíram de uma produção de 200 litros mensais para 2 mil litros.

“Por causa da crise, o Gabriel Rochael começou a trabalhar em eventos. Em um deles, foi desafiado a criar uma bebida com mate. Depois de muitos experimentos, chegou à fórmula do Xeque Mate. Aí começaram a fabricar a bebida em panelões, e depois veio a necessidade de engarrafar o produto”, explica Pedro Carias.

Atualmente, os sócios comercializam o Xeque Mate em garrafas de 750ml e em barris semelhantes aos de chope. Quem frequenta a noite da capital em algum momento já deve ter ido a uma casa noturna que oferece o produto, já que há uma grande rede de distribuição. No entanto, a maior saída ainda está nos eventos, onde a bebida é servida em barris de até 50 litros.

“O ponto forte foi entrar em eventos menores. Pegamos quem está começando. Apoiamos o empoderamento dos pequenos produtores”, argumenta Pedro.
Ele destaca que por causa do mate, que tem mais cafeína do que o café, a bebida é considerada um energético. A versão engarrafada tem 14% de álcool e o chope, gaseificado, 8%.

A garrafa custa R$ 24,50 cada, quando comprada em caixa fechada, com seis unidades. Já o chope sai a R$ 15 o litro.

Recentemente o trio inaugurou a própria fábrica, no bairro João Pinheiro. “Antes nós fabricávamos no Juramento 202, no bairro Pompeia, onde há uma fábrica de cerveja. Mas com o aumento da demanda, precisamos organizar nossa própria unidade de produção”, explica Pedro. O local tem capacidade instalada para até 20 mil litros mensais.

Nacional
Apesar de a bebida ser muito nova, os sócios já estão traçando estratégias para ganhar mercado em outros estados. Além da propaganda boca a boca com pessoas que moram em outras cidades, eles têm utilizado os Correios para distribuir a bebida, enviando garrafas para várias partes do país.

Atualmente, o Xeque Mate já é comercializado em Caraíva, uma praia paradisíaca no Sul da Bahia, em alguns eventos no interior de São Paulo e em Goiânia.
Os mercados que os sócios querem conquistar são o Rio de Janeiro, onde o mate gelado é tradição nas praias, e também a região Sul do país, famosa pelo consumo do chimarrão (mate verde, sem tostar).

 

Mate

Sócios têm trabalhado com barris de 50 litros da bebida durante festas

 

Serviço
Xeque Mate
Fanpage: www.facebook.com/xequematebebidas