As viagens do trem turístico que vai ligar Minas ao Rio de Janeiro devem ser inauguradas no segundo semestre deste ano. O roteiro interestadual percorrerá oito cidades e deve fomentar a atividade turística nesses municípios. O turista que já aproveita os atrativos históricos e naturais desses lugares vão poder também apreciar as belas paisagens ao logo das estações. 

As locomotivas já foram recuperadas e nove vagões estão sendo preparados para transportar os turistas pelos 160 km que ligam Cataguases, em Minas Gerais, a Três Rios, no estado do Rio de Janeiro. Outras seis cidades estarão na rota do passeio: Leopoldina, Recreio, Volta Grande, Além Paraíba e Chiador, em Minas; e Sapucaia, no Rio de Janeiro. Os passeios serão realizados aos sábados, domingos e feriados.

Os trens poderão transportar até 850 passageiros por dia de funcionamento. As composições partirão simultaneamente de Cataguases (MG) e Três Rios (RJ). Os turistas poderão fazer o trajeto completo de ida e volta ou retornar para a origem trocando de trem na metade do caminho.

O projeto Trem turístico Rio-Minas é coordenado pela Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip) Amigos do Trem e conta com o apoio das prefeituras, da iniciativa privada, além da concessionária da ferrovia Centro Atlântica e de órgãos do governo federal ligados ao transporte ferroviário.

O coordenador da inicitiva, Paulo Henrique Nascimento, considera o trem Rio-Minas inovador para a atividade turística.  “A previsão é que essa iniciativa contribua com a geração de cerca de 500 empregos diretos e indiretos, além de manter preservado o patrimônio histórico”.

De acordo com o Ministério do Turismo (MTUR), o Brasil possui, atualmente, mais de 30 trens turísticos em operação