O Melgar, adversário do Atlético na última Libertadores, quase operou um "milagre" no Peru, mas não conseguiu vencer o River Plate. Os argentinos, com o 3 a 2 a favor, terão grandes chances de terminar a fase de grupos com a melhor campanha e tirar o Galo, que ocupa o atual posto. O River soma os mesmos 13 pontos alvinegros, com um jogo a menos. Encara o Independiente Medellín em casa na próxima semana e um empate lhe garante o primeiro lugar geral da etapa de grupos.

Mas somente goleadas assombrosas poderão fazer o Galo despencar no ranking geral dos classificados em primeiro lugar. Faltando apenas uma rodada para 6 dos 8 grupos, o Atlético ainda pode ser ultrapassado neste ranking por quatro equipes, incluindo o River Plate. Mas, à exceção do time de Núñez, os outros times teriam de vencer com massacre para superar o alvinegro. A vantagem do Atlético se sustenta principalmente no saldo de gols, que é o primeiro critério de desempate. O alvinegro de Roger Machado tem 11 gols de saldo. Ainda conta com 17 gols marcados, que é o segundo critério para desempate.

Critérios de desempate para definir as melhores campanhas entre os primeiros colocados

Dos times que ainda podem chegar aos 13 pontos do Atlético, três são brasileiros: Botafogo, Palmeiras e Grêmio. O Fogão venceu nesta quinta-feira (18) e já está classificado. Com 10 pontos, teria de vencer o Estudiantes na Argentina por 10 a 0. Ainda teria de ultrapassar o Barcelona de Guayaquil, outro que pode chegar aos 13 pontos do Atlético, mas somente uma goleada também de 10 a 0 lhe deixaria acim ado Galo no ranking dos primeiros colocados. Irreal.

LEIA MAIS: 
Atlético briga por 1º lugar, ainda vantajoso em regulamento modificado da Libertadores

Palmeiras e Grêmio farão o sexto jogo da fase de grupos como mandantes. O verdão, também com 10 pontos, terá de vencer o Atlético de Tucumán-ARG em São Paulo por 9 a 0 para ficar a frente do Atlético. A missão do Imortal Tricolor, contra o Zamora em Porto Alegre, é menos complicada: 7 a 0. 

No mesmo grupo gremista, o atual segundo colocado Guaraní-PAR também tem os mesmos 10 pontos e recebe o Deportivo Iquique. Apenas um atropelo de 9 a 0 contra os chilenos daria ao time paraguaio uma colocação acima da do Atlético na listagem dos 1º colocados dos grupos. 

Artigo do Regulamento Disciplinar da Conmebol que pode mudar resultado de Lanús x Chape

LANÚS
Neste exercício de futurologia de como ficará o Atlético entre os primeiros colocados; é preciso acrescentar o Lanús. O time argentino perdeu por 2 a 1 para a Chapecoense, mas denunciou na Conmebol que o time de Santa Catarina utilizou um jogador irregular, o zagueiro Luiz Otávio, que inclusive marcou o gol da vitória. Caso a entidade dê parecer favorável aos argentinos, o duelo é declarado Lanús 3x0 Chape.

Desta feita, a equipe da Grande Buenos Aires volta a estar na briga para ultrapassar o Atlético. Ficaria com 10 pontos e um jogo a fazer, contra o Nacional do Uruguai, fora de casa. Teria de vencer os uruguaios por 4 gols de diferença para ter mais saldo que o Galo (+12x+11). 

QUEM AINDA PODE PASSAR O GALO E O QUE DEVEM FAZER:

Barcelona de Guayaquil-EQU 
Pontos: 10
Jogos a fazer: Atlético Nacional-COL, fora
Pontuação máxima: 13
Saldo de gols: +2
Gols marcados: 7
Gols marcados como visitante: 4
Resumo:Tem 10 pontos e pode fazer os mesmos 13 do Atlético se vencer o Atlético Nacional (eliminado) na Colômbia. Com apenas 2 gols positivos de saldo, teria de fazer, por exemplo, 10 a 0 nos colombianos para passar o Galo no primeiro critério de saldo de gols. Virtualmente, não passará o Atlético. 

Botafogo 
Pontos: 10 pontos
Jogos a fazer: Estudiantes, fora
Pontuação máxima: 13
Saldo de gols: +2
Gols marcados: 6
Gols marcados como visitante: 3
ResumoPraticamente a mesma situação do Barcelona. Pode chegar aos 13 pontos do Galo se vencer o Estudiantes e ultrapassar o Barcelona para terminar em 1º lugar no grupo. Encara o Estudiantes na Argentina e precisaria vencer por 10 gols de diferença para ficar na frente do Atlético, superando o Galo no saldo de gols. 

River Plate-ARG 
Pontos: 13
Jogos a fazer: Independiente Medellín, em casa
Pontuação máxima: 16
Saldo de gols: +6
Gols marcados: 13
Gols marcados como visitante: 8
ResumoÉ o único time que pode fazer mais do que os 13 pontos do Atlético no fim da fase de grupos. Ultrapassará o Atlético caso não seja derrotado em casa diante do Independiente Medellín. Qualquer resultado de derrota o deixará atrás do Galo na lista dos primeiros colocados.

Palmeiras 
Pontos: 10
Jogos a fazer: Atlético de Tucumán, em casa
Pontuação máxima: 13
Saldo de gols: +2
Gols marcados: 10
Gols marcados como visitante: 6
ResumoTem 10 pontos e um jogo a fazer. Pode chegar 13 pontos do Galo. Teria de vencer o Atlético de Tucumán, na última rodada, em casa, por 9 gols de diferença, para igualar o saldo do Galo (+2 x +11). Automaticamente, superaria o ataque do Galo (10 x 17). Tem os mesmos gols fora do Galo (6x6) e está atrás no Ranking da Conmebol.

Grêmio 
Pontos: 10
Jogos a fazer: Zamora, em casa
Pontuação máxima: 13
Saldo de gols: +5
Gols marcados: 11
Gols marcados como visitante: 4
ResumoTem 10 pontos e um jogo a fazer. Pode chegar aos 13 pontos do Galo. Enfrenta o Zamora em casa. Com saldo de +5, teria de vencer os venezuelanos marcando sete gols ou mais e manter uma diferença de gols de seis. Assim, poderia empatar em saldo com o Galo (+11) e, automaticamente, teria mais gosl totais que o alvinegro, que tem 17. O Imortal Tricolor não pode superar o Atlético nos gols marcados fora de casa. 

Guaraní-PAR
Pontos: 10
Jogos a fazer: Deportivo Iquique
Pontuação máxima: 13
Saldo de gols: +2
Gols marcados: 9
Gols marcados como visitante: 5
Resumo: Tem 10 pontos e um jogo a fazer. Pode chegar aos 13 pontos do Galo. Enfrenta o Deportivo Iquique em casa e precisa ultrapassar o Grêmio para ficar em 1º do grupo. Precisa fazer mais 9 gols de saldo para igualar o Atlético e, automaticamente, vencer o Galo no critério de gols totais marcados (18x17).

Obs: Barcelona e Botafogo estão no mesmo grupo, apenas um deles poderá ter melhor campanha que o Galo entre os classificados em 1º lugar. O mesmo acontece com Grêmio e Guaraní